Quarta, 19 Mai 2021

Novo Plano Diretor prevê preservação ambiental na Área das Vargens

Durante discussão sobre a Área de Planejamento (AP) 4, foi apresentada também a proposta de investir no potencial urbanístico de outras regiões da cidade, como Centro, Zona Norte e Zona Oeste.

Em mais uma reunião realizada pela Comissão de Representação para estudo e avaliação do vigente Plano Diretor, nesta quarta-feira (19), o secretário Municipal de Planejamento Urbano, Washington Fajardo, destacou a necessidade de preservação ambiental na Área de Especial Interesse Ambiental (AEIA) de Vargens, na Zona Oeste, uma região de muitas áreas alagadiças e cujas construções causam grandes impactos ambientais. Conduzido pelo presidente da Comissão, vereador Rafael Aloisio Freitas (Cidadania), o debate apontou as fragilidades e potencialidades da Área de Planejamento 4, envolvendo os bairros como a Barra da Tijuca, Recreio, Jacarepaguá, Taquara e Cidade de Deus.

Fajardo afirmou também que a AP4 não tem condições de carregar o protagonismo de desenvolvimento urbano que vem ocorrendo nas três últimas décadas, reforçando que a mobilidade urbana e a oferta habitacional para as classes trabalhadoras não acompanharam o desenvolvimento previsto para a região. “Mesmo com a relevância recente, a Barra da Tijuca ainda não oferece as infraestruturas necessárias para assumir o protagonismo do desenvolvimento urbano, em comparação com as áreas centrais”, destacou. 

O secretário explicou a ideia de criar uma macrozona, integrando as Áreas de Planejamento 3 e 5. “A gente precisa colocar o protagonismo do desenvolvimento urbano em outras áreas da cidade: Centro, Zona Norte e Zona Oeste. Já a AP4, deve consolidar a área do Plano Lúcio Costa e qualificar, preservar as outras regiões. Esse é um grande desafio, pois as pessoas ainda têm a ideia que o futuro do Rio está lá, mas quem vive nesta região relata cada vez mais a perda de qualidade de vida”, conclui.

Morador da região, o vereador Felipe Michel (PP) espera que o novo Plano Diretor possa combater o desordenamento, as construções ilegais e a especulação imobiliária na região. “Os moradores e comerciantes do local não aguentam mais o crescimento desordenado, que não traz arrecadação para a cidade”, denuncia.

Participaram ainda da reunião os vereadores Dr. Rogerio Amorim (PSL), Zico (Republicanos),  Pedro Duarte (Novo), Monica Benicio (PSOL) e João Mendes de Jesus (Republicanos).

Debates regionalizados

Na próxima semana, o secretário Washington Fajardo irá comparecer à Câmara do Rio para tratar da Zona Norte, na Área de Planejamento 3. A ideia é que os debates possam trazer para a revisão do Plano Diretor as especificidades de cada uma das cinco APs do município. O projeto de lei que prevê a revisão decenal do Plano Diretor deve ser enviado à Câmara do Rio ainda neste primeiro semestre.

 

 

 

Veja também:

Set 22, 2022

Plano Diretor: região da Pavuna terá maiores potenciais construtivos ao longo dos eixos de transporte

A Comissão do Plano Diretor realizou uma audiência pública, nesta quarta-feira, em…
Set 21, 2022

Programa capacitará cuidadores de pessoas com transtorno do espectro autista

A Câmara Municipal do Rio de Janeiro aprovou nesta quarta-feira, em definitivo, o PL…
Set 21, 2022

Novas leis municipais tratam de cultura, ambiente e defesa dos animais

Quatro novas leis municipais aprovadas pela Câmara do Rio entraram em vigor nesta…
Set 20, 2022

ITBI poderá ser parcelado em até 60 vezes

Em sessão ordinária realizada nesta terça-feira (20), a Câmara Municipal do Rio de…
Set 20, 2022

Plano Diretor: Audiência discute propostas para a região da Pavuna

A Câmara do Rio realiza, nesta quarta-feira (21), mais uma audiência territorial para…
Última modificação em Quarta, 09 Março 2022 20:48

Câmara Municipal do Rio de Janeiro
Palácio Pedro Ernesto
Praça Floriano, s/nº - Cinelândia
Cep: 20031-050
Tel.: (21) 3814-2121
E-mail: ascom@camara.rj.gov.br

Acesse o site antigo



© 2021-2022 Câmara Municipal do Rio de Janeiro