Terça, 26 Outubro 2021

Palácio Pedro Ernesto ganha Estação Lixo Zero

Ação integra campanha da Semana Lixo Zero que acontece em todo o país e visa conscientizar a população a respeito da importância do descarte adequado dos resíduos

O saguão do Palácio Pedro Ernesto, sede do parlamento carioca, agora tem uma estação Lixo Zero, para que servidores e visitantes possam descartar os seus resíduos de forma adequada de acordo com o tipo de material. A iniciativa é parte da campanha da Semana Lixo Zero, celebrada em todo o país para mobilizar e provocar novas atitudes visando a redução da produção de resíduos e o melhor aproveitamento dos materiais gerados. No Rio de Janeiro, a Semana foi incluída no Calendário Oficial da Cidade pela Lei 6.905/2021, de autoria do vereador Prof. Célio Luparelli (DEM), aprovada pela Câmara Municipal do Rio, que aproveita a data para iniciar seu projeto de tornar o Palácio Pedro Ernesto o primeiro prédio público “Lixo Zero” do Brasil.

Presidente da Câmara, o vereador Carlo Caiado (DEM) destacou que a instalação da estação Lixo Zero no Palácio Pedro Ernesto mostra que o parlamento carioca está adotando medidas práticas em prol do meio ambiente. “O nosso saguão já está com caixas coletoras para que haja a separação do lixo. Vamos buscar preservar o meio ambiente, isso é fundamental. É a Câmara sendo mais sustentável. Nessa Semana Lixo Zero mostramos que a Casa está de fato aderindo e trabalhando a sensibilidade dos parlamentares, dos servidores que estão acompanhando essa campanha”, enfatizou Caiado. 

Coordenador do programa Lixo Zero da Câmara, Bernardo Egas destaca que o objetivo é que a Casa ganhe sua certificação pela destinação adequada de resíduos até o fim do ano. Ele destaca que a reciclagem de materiais, além de proteger a natureza, representa geração de renda. “O Lixo Zero combate o desperdício. A maioria dos tipos de resíduos pode ser reciclado, e aqui nessa casa não é diferente”, afirmou. 

Vice-presidente da Comissão de Meio Ambiente da Casa, o vereador Vitor Hugo (MDB) também reforça a campanha pela conscientização liderada pela Câmara.  “Transformar a Câmara do Rio no primeiro prédio público Lixo Zero do País é muito importante para darmos o exemplo”, destacou. 

Autor da lei que colocou a semana Lixo Zero no calendário da cidade, o vereador Prof. Célio Luparelli lembra da importância do tema nos dias atuais. “As cidades precisam incentivar a cultura do lixo zero, porque os recursos naturais são finitos na sua grande maioria”, pontuou. 

Instalação das estações

Rodrigo Oliveira, embaixador do Instituto Lixo Zero no Rio, esteve presente na instalação das caixas coletoras de resíduos no prédio histórico. Ele conta que iniciativas como essas são capazes de transformar a mentalidade dos cidadãos. “Nós estamos comemorando a Semana Lixo Zero aqui na Câmara Municipal do Rio. A Semana Lixo Zero acontece toda última semana de outubro, é um evento que faz parte do calendário do Instituto Lixo Zero Brasil e acontece de forma nacional. O principal objetivo é fazer com que as pessoas se conscientizem da geração do lixo em cada local. A gente convida instituições e pessoas para participar, cada um é livre para fazer a sua ação”, relatou.

Consultora e embaixadora do Instituto Lixo Zero Brasil, Jéssika Souza alertou que o descarte incorreto dos resíduos, com tudo misturado, é fonte de transmissão de doenças. “A ideia da estação Lixo Zero é que os funcionários e as pessoas que estão passando aqui pelo Palácio depositem os seus resíduos aqui de forma voluntária. A gente tem vários tipos de caixas coletoras aqui: há para os eletrônicos, medicamentos vencidos, recicláveis no geral como papel, metal, vidro e plástico. A ideia é que as pessoas depositem os resíduos aqui de forma voluntária. A gente vai ficar responsável por encaminhar esses resíduos corretamente evitando que eles parem no meio ambiente de forma incorreta e façam mal para outros seres humanos”, enfatizou.

O que é ‘lixo zero’ ?

O conceito “lixo zero” consiste no máximo aproveitamento e correto encaminhamento dos resíduos recicláveis e orgânicos e a redução – ou mesmo o fim – do encaminhamento destes materiais para os aterros sanitários e\ou para a incineração. 

Diagnóstico

De acordo com o levantamento realizado, a geração dos resíduos sólidos no Palácio Pedro Ernesto é de de resíduos não perigosos inertes e não inertes – como orgânicos, papel, papelão, madeira, plásticos em geral e metal – e resíduos perigosos, como lâmpadas, pilhas e baterias, óleo de cozinha, solventes, cartuchos de tinta de impressora e resíduos de serviço de saúde. A estimativa é que o Palácio gere cerca de 0,5 tonelada de resíduos por mês.

Além do esboço do novo fluxo de resíduos, da instalação dos coletores, da identificação de soluções para o correto encaminhamento de todos os produtos gerados (reciclagem, compostagem e logística reversa) e da identificação de solução para compostagem in loco;  o Plano de Ação da Câmara Municipal contempla o treinamento de colaboradores, palestras de educação ambiental e divulgação de materiais digitais educativos. 

 

Promovida pelo Instituto Lixo Zero Brasil (ILZB), uma organização civil e sem fins lucrativos, a Semana Lixo Zero acontecerá em todo o Brasil com ações que buscam conscientizar e provocar novas atitudes para a redução da produção de resíduos e maior aproveitamento dos materiais, com encaminhamento para reciclagem e compostagem. O encerramento da Semana Lixo Zero acontece no dia 29, com um evento no Pão-de-Açúcar.

 

 

 

Veja também:

Dez 02, 2021

Aprovado projeto que simplifica licenciamento de negócios de baixo risco

O Plenário da Câmara Municipal do Rio de Janeiro votou nesta quinta-feira (2), em 1ª…
Dez 02, 2021

Aviso de pauta: Comissão debate saúde mental no município do Rio

A Comissão de Higiene, Saúde Pública e Bem-Estar Social da Câmara do Rio realiza, no…
Dez 02, 2021

Portal da Câmara do Rio lança ferramentas de acessibilidade

Nesta sexta-feira (03), Dia Internacional de Luta da Pessoa com Deficiência, a Câmara…
Dez 02, 2021

Comissão de Transportes e Trânsito recebe demandas de trabalhadores do transporte alternativo

A Comissão de Transportes e Trânsito da Câmara do Rio fez uma reunião extraordinária na…
Dez 02, 2021

Agora é lei: Religiões de matriz africana se tornam patrimônio cultural do povo carioca

A umbanda, o candomblé e o ifá, religiões de matriz e influência africana, agora são…

Câmara Municipal do Rio de Janeiro
Palácio Pedro Ernesto
Praça Floriano, s/nº - Cinelândia
Cep: 20031-050
Tel.: (21) 3814-2121
E-mail: ascom@camara.rj.gov.br

Acesse o site antigo



© 2021 Câmara Municipal do Rio de Janeiro