Quinta, 16 Março 2023

Derrubados vetos sobre planos de cargos da Saúde, Guarda Municipal e servidores de nível elementar

Dispositivos serão incluídos na Lei Orçamentária Anual deste ano

A Câmara do Rio decidiu pela derrubada, em sessão nesta quinta-feira (16), dos vetos parciais ao  PL n° 1513-A/2022, que se tornou a Lei Orçamentária Anual de 2023 (Lei 7759/2023), sobre a implementação dos planos de cargos, carreiras e salários da Saúde, Guarda Municipal e dos servidores de nível elementar do município. Os artigos vetados, que agora serão promulgados pela Câmara, determinam que a Prefeitura deverá buscar a implementação dos planos ao longo deste ano. 

Para a vereadora Luciana Boiteux (PSOL), a rejeição aos vetos se fez necessária para valorizar o servidor público municipal. “É essencial pensarmos que a qualidade do serviço público depende da estabilidade, da previsibilidade da carreira do servidor. Sou uma servidora pública concursada a nível federal na Universidade Federal do Rio de Janeiro e a luta sindical pelo Plano de Cargos e Carreiras é fundamental”, ressaltou a parlamentar. 

A Casa derrubou ainda o veto do Poder Executivo ao Artigo 22, que determina que o Poder Executivo garantirá provimento ao cargo de Agente de Apoio à Educação Especial, do Quadro de Pessoal de Apoio Técnico à Educação, da Secretaria Municipal de Educação, com escolaridade de Nível Médio Normal, para o ano letivo de 2023.

“A educação inclusiva não é uma pauta só minha, é uma pauta de todos. Nós precisamos! É um direito das crianças que os agentes de apoio à educação estejam na escola. Nós não temos nem um agente por escola e temos mais de 20 mil crianças incluídas. Isso é uma exclusão o que está acontecendo”, avaliou a vereadora Luciana Novaes (PT). 

Os vereadores também rejeitaram os vetos abaixo, que seguirão para promulgação. Confira:

Veto total ao PL nº 1374/2022 de autoria do vereador Jorge Felippe (União), que dá o nome de Rua das Bromélias à atual Rua B, no Loteamento Parque Tropical, no bairro de Santa Cruz, no município do Rio de Janeiro.

Veto total ao PL nº 1475/2022 de autoria do vereador Waldir Brazão (Avante), que dá o nome de Largo da Rotatória Bartolomeu Bandeira Farias – Beto ao logradouro público localizado em frente à Paróquia São Pedro Apóstolo, entre as ruas Belchior da Fonseca e Professor Antônio Reis em Pedra de Guaratiba.

Veto parcial ao PL nº 1247/2022 de autoria dos vereadores Felipe Boró (Patriota) e João Mendes de Jesus (Rep), que dispõe sobre a obrigatoriedade de acessibilidade dos sites públicos e privados no âmbito da cidade do Rio de Janeiro.

Durante a sessão, a Casa ainda decidiu pela manutenção de alguns vetos parciais. Com isso, os dispositivos seguem ao arquivo. Veja quais foram na lista abaixo: 

Vetos parciais ao  PL n° 1609-A/2022 de autoria do Poder Executivo, que dá nova redação ao inciso IX do art. 61 da Lei nº 691, de 24 de dezembro de 1984, referente à isenção de IPTU para imóveis utilizados por empresas da indústria cinematográfica.

Veto parcial ao PL n° 1990-A/2016 de autoria dos vereadores Dr. Gilberto (Pode), Dr. Carlos Eduardo (PDT), Eliseu Kessler (PSD), Átila A. Nunes (PSD), Marcelo Arar (PTB) e Vera Lins (PP), que dispõe sobre a obrigatoriedade da reserva de assentos especiais às pessoas gordas em cinemas, teatros, restaurantes e estabelecimentos afins.

Vetos parciais ao PL nº 1429/2019 de autoria do vereador licenciado Alexandre Isquierdo (União) e do vereador Zico (Rep), que institui o Sistema Municipal de Prevenção de Incêndio e Situações de Risco Iminente, nas instituições de ensino do município do Rio de Janeiro.

Veto total ao PLC n° 90-A/2022 de autoria do vereador Celso Costa (Rep), que dispõe sobre o funcionamento dos caminhões de food truck no canteiro central da Avenida Sargento de Milícias, na Pavuna.






 

 

Veja também:

Jul 18, 2024

Agora é lei: cidade do Rio ganhará novo autódromo após 12 anos

Foi sancionada, nesta quinta-feira (18/07), após ser aprovada na Câmara de Vereadores do…
Jul 16, 2024

Agora é Lei: divulgação do direito de troca de implante mamário para tratamento de câncer se torna obrigatória

A cidade do Rio terá uma campanha permanente de conscientização e divulgação do direito…
Jul 16, 2024

Agora é Lei: unidades públicas e privadas de saúde do Rio deverão ter climatização em áreas de espera

Foi sancionada, nesta terça-feira (16/07), a Lei 8.489/2024, que determina que as áreas…
Jul 12, 2024

Visitas ao Palácio Pedro Ernesto têm horário ampliado em julho

O Palácio Pedro Ernesto, sede da Câmara do Rio, está de portas abertas para visitação do…
Jul 11, 2024

Sancionada lei que cria programa para atendimento de vítimas de preconceito religioso e racial

Foi sancionada, nesta quinta-feira (11/07), a Lei 8.473/2024, que cria o Programa…

Câmara Municipal do Rio de Janeiro
Palácio Pedro Ernesto
Praça Floriano, s/nº - Cinelândia
Cep: 20031-050
Tel.: (21) 3814-2121

Mapa do site



© 2021-2024 Câmara Municipal do Rio de Janeiro